15 de setembro de 2009

O Homem que atirou os sapatos em Bush filho (de uma...) sai da prisão.

O iraquiano que atirou seus sapatos em George W. Bush, em dezembro do ano passado, foi libertado da prisão nesta terça-feira. Muntadhar al-Zaidi era jornalista da rede de televisão iraquiana Al-Baghdadiya, tem 30 anos e é xiita.

O episódio que o tornou conhecido mundialmente, e que fechou com chave de latão o mandato do presidente Bush, ocorreu durante uma entrevista coletiva deste último e do primeiro ministro iraquiano Nouri al-Maliki.

Como se não bastasse o belíssimo e cinematográfico arremesso de sapato, arrematou enquanto lançava o bólido: "Esse é seu beijo de despedida, cachorro!!". Quem sabe no futuro, ao homenagearem a sublime memória de George W. Bush, o COI torne o arremesso de sapato ao alvo em modalidade olímpica. Sim, porque no Oriente Médio, em vários países e no próprio Iraque, ele é tido por herói?? E porque não um herói olímpico. Todo o espírito olímpico se resume na busca pela liberdade. Isso já é auto-explicativo.

O iraquiano al-Zaidi foi libertado, depois de cumprir 9 meses da pena de 1 ano de prisão, pena essa inicialmente de 3 anos, atenuada por bom comportamento e por seu gesto ter sido justificado como desequilíbrio emocional na ocasião do ato. Ele foi transferido para um outro país da região (não divulgado) para tratamento de feridas causadas por intenso espancamento e torturas diversas, com certeza ordenada por Sua Imbecilidade, George W. Bush.

Mas parece que ele se saiu bem dessa. Seu nome é homenageado pelo mundo afora. Uma das vencedoras premiadas durante o Festival de Cinema de Dubai dedicou seu prêmio a al-Zaidi. Confira aqui.

Além disso, a família de al-Zaidi teria recebido, em favor do jornalista, ofertas de emprego, dinheiro e até propostas de pais querendo lhe dar suas filhas em casamento. Se deu bem!! Mas podia não ter sobrevivido... Mas até jogos na internet e camisetas assinadas por grandes marcas e grifes ele inspirou.

Têm um jogo um pouco idiota que eu achei aqui num jornal de SC, mas que senti um gostinho bom em gastar com ele 2 minutos. Clique para acessar o jogo!!

Fico pensando então. E se transferíssemos esse evento para o Brasil?? Convenhamos: iriam faltar sapatos em Brasília. Mas e se eu atirasse meus sapatos no Sarney?? Ficam algumas questões:

Iriam me devolver os sapatos?
Ganharia um cargo comissionado em algum gabinete da oposição no Congresso??
De cachorro não poderia chamar o Sarney. Seria uma ofensa grave (aos cachorros). Poderia dizer: "Esse é seu beijo de despedida. Pega essa, andorinha!!" Parece uma garça-real o bigode dele!!

Em suma, o que vou ganhar por prestar esse serviço de utilidade à coletividade??
Sim, porque eu também condenaria o iraquiano à prisão, e eu mesmo daria um pau nele!! Não pelo ato em si, mas por ter errado vergonhosamente o alvo. Poxa, a cabeça do Bush era tão grande!!


*******
Fontes: