Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2009

Saudades da minha infância

Pode até parecer que não cresci ainda, estando eu para completar 29 anos encima da terra. Mas não renego meu instinto saudosista: como muitas coisas da minha infância, que foi ótima, graças a Deus e minha mãe, sinto muitas saudades dos desenhos que eu assitia. Através deles, de certa forma, aprendemos a conhecer a vida, e nos damos conta dos assuntos sérios do mundo lá fora por uma linguagem como que lúdica, suave.

Creio que muitas pessoas que assistirem esses vídeos vão lembrar deles, de alguns ao menos.



O doce sono do Guerreiro...

Todos nós temos, ou achamos que temos, algo de grande a fazer na vida. Às vezes, isso pode não ser lá grande coisa para algumas pessoas ou para nós mesmos. Não importa o que seja, mas desde que seja algo que exercite nossas habilidades ou nos faça aprender a podar nossos defeitos, é valido, então.

Com o tempo, aprendi porque as pessoas reclamam tanto depois de terem conseguido o que diziam querer. É porque não descansam. Mas como assim? Viciam em conquistas e esquecem de aproveitar o que conquistaram antes. Trata-se da ânsia (chamo de vício) de querer conseguir mais e mais, uns com a desculpa de garantir o que já tem, outros com o pretexto de que não sabem viver sem batalhas e lutas.

Mas à medida em que não aproveitam para curtir o pouco que conquistam e conhecer verdadeiramente a importância de uma única vitória acabam por tornarem-se pessoas escravas de uma guerra sem fim. Quando se dão conta, já se afastaram de tudo aquilo que sonharam quando eram inocentes, crianças, sonhadoras. Os …

Os Amores e a diferença de idades

Ontem soube que uma amiga minha de 23 anos estava namorando seriamente com um homem bem mais velho que ela. Não o conheço pessoalmente, por isso não posso dizer o que acho dele. Mas, no caso dela, acho que pode ser uma boa experiência de vida. Quem sabe se não?!

Também sou da opinião de que o Amor não tem idade, e que a mesma não seja um distintivo para dizer se será bom ou não. O que importa é o caráter, a sinceridade e a vontade de os dois estarem juntos realmente. É claro, o mais novo, por causa da natureza, tende a ser mais voluntarioso, ciumento, imaturo. Mas isso pode variar. Cada caso é um caso.

Mas o que pode atrapalhar num relacionamento com diferença de idades?? Bem, geralmente pessoas de idades diferentes não estão esperando a mesma coisa da vida. Geralmente, quem é mais maduro espera uma relação mais tranquila, sem muitos sobressaltos. As aventuras, para pessoas assim, tendem a ser, no máximo, esporádicas. Já sabem, na maioria das vezes, o que querem da vida (profissional, p…

A Vida, Eu, Você, Agora!! (La Vita è adesso - Renato Russo)

O som do relógio agita o ar da sala:
São 9 horas, pausa para o café.
São 12 horas, espio minha escala
Acabo almoçando novamente de pé.

Há 5 anos que juntos acordamos,
Há 5 meses nos vemos ao dormir.
Há 5 dias que não te faço sentir
A mim mesmo. Nos indagamos:

Quanta vida passou?? Quantos ventos
Açoitaram meu corpo, indomável,
Provado pelo tempo e ressentimentos??

Mágoa secreta, olhamos atentos:
Se vês, por fim, que viver é inevitável
Que seja agora, pois o agora é ponderável.

Ser Pai é...

É conduzir com segurança, ainda que encima de uma corda-bamba. É ser corajoso, ainda que o coração espasme de medo. É a palavra de autoridade, falada ao ouvido, ecoando no coração durante décadas, tal como um dogma.

Asas de cêra

Desperto, tento raciocinar, então me belisco.
As miragens estão lá?? Me comove o coração.
Tontura nos olhos, fogo na alma, cedo ao risco.
Atração humana pelo sonho me deixou sem chão.

É o que se quer sempre: chegar ao céu,
Paraíso esse da alma e do corpo ao léu.
Como Ícaro vôou, apaixonado pelo calor,
O homem se eleva, sublimado, pelo Amor.

Tão efêmeras as asas de cêra, que se desfazem
No ato de dormir ou acordar, agonia!!
Cair onde os amantes pra sempre jazem,

Onde os amantes lutam por sua fantasia.
Acordar para os sonhos, como a chuva que estia,
Ou sonhar com a vertigem, que as rosas lhes trazem??

Intercâmbio (para Val Du)

Os posts da Val Dume excitam a imaginação. São posts quase sempre simples, com poucas palavras. Mas são palavras que me tocam como a um sino. E como, ainda que eu fosse um sino que retine, sem Amor eu nada seria, gerei essa pequena criança:



Beleza harmônica,

Harmonia das formas,

Formas de vida,

Vidas eternas e passageiras.



Passagens pelo mundo,

Mundo que passa,

Que passa em nós,

E nós nos outros.



Um em Um,

Um pouco no muito,

Proporções iguais,

Harmonia dos opostos.