Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2009

Apolônio de Tiana

Apolônio praticamente é um desconhecido da maioria das pessoas, mesmo daquelas que têm uma boa formação religiosa. Aparentemente parece estranho que uma figura tão relevante não seja citado nos livros que versam sobre religião, somente aparecendo o seu nome em documentos secretos e em alguns poucos livros de ocultismo.Quem foi e que é Apolônio? – Apolônio é uma misteriosa figura que “apareceu” neste ciclo de civilização no início da era cristã (no século I). Os documentos que falam Dele geralmente nunca mencionam a palavra nasceu e sim apareceu, isto porque Ele, quando esteve diretamente na terra, manifestava natureza divina. Entre os atributos desta natureza Ele apenas tinha um corpo aparente, se apresentava na terra com corpo etéreo, tal como o de Jesus.Em muitos pontos, a vida de Apolônio se assemelha à de Jesus. Até mesmo a Sua vinda a terra foi anunciada pelo Espírito Santo. Alguns documentos antigos afirmam que Ele, certo dia, surgiu na terra sem ascendentes, mas também há docum…

O que é um Iniciado?? (Texto de Papus)

Uma das causas mais freqüentes da obscuridade aparente dos estudos de Ciência Oculta diz respeito à confusão dos termos empregados por aqueles que tratam dessas questões. É, então indispensável bem definir primeiro as palavras que se empregam, sob pena de cairmos no erro que acabamos de indicar. Poucos termos prestam-se mais a confusão do que aquele de Iniciado. Uns consideram o Iniciado como o ser excepcional, designado com veneração por todos os autores do Ocultismo; outros encaram o termo com uma significação bem menos elevada e que se pode aplicar de uma maneira geral. Basta reportarmos-nos a significação primitiva dessa palavra para verificar que a última acepção é a mais correta. Com efeito, o título de Iniciado na Antigüidade indicava simplesmente um homem instruído, cujos graus de instrução variavam segundo os casos, sem que o título geral de Iniciado sofresse a mínima modificação. O Iniciado nos pequenos mistérios possuía uma instrução equivalente àquela dada em nossos dias p…

Os Opostos

Eu tinha 16 anos, quando tentava concluir o ensino médio em Palhoça. Era o mês de novembro de 1996. Era uma época em já tinha descoberto as dores que uma paixão poderia causar ao coração de um homem. E quantas dores mais não causaria ao de um garoto que só sabia ler e ler mais cada dia?? Eu, no entanto, já havia começado a me enturmar, frequentando bares e festinhas de amigos. Os points de encontro do centro de Palhoça, em que se aglomeravam os estudantes do turno da noite do meu colégio eram os bares Corredor e o do Professor (do Chiquinho Spinoza).

Entre uma cerveja e outra, havia sempre uma azaração. Quando não havia muitas opções, ficávamos reunidos, falando de assuntos variados. Como eu tinha assunto pra todos os gostos, e isso chamava mulher, os caras sempre me queriam por perto, me pagando cervejas. Um dia, em meio a um dos poucos papos realmente interessantes pra mim, começamos a discutir sobre qual era o motivo dos homens serem tão diferentes das mulheres, e vice-versa. Os que…

O Nome da Rosa (Umberto Eco, com link para download)

Este foi o romance que deu a conhecer Umberto Eco ao grande público, constituindo um enorme êxito de vendas no Brasill desde que foi publicado pela primeira vez, e continua ainda a ser uma obra bastante popular. E não é de espantar: escrito com imenso humor, o romance dá-nos a conhecer de uma forma expressiva o que era viver num mosteiro medieval. O tema central do romance é a liberdade de estudo e de ensino, a livre circulação do conhecimento. Mergulhada em obscurantismo durante séculos, os mosteiros cristãos constituíam fortalezas onde o conhecimento era preservado com imensas dificuldades. Dado a inexistência da imprensa, os livros tinham de ser copiados à mão por monges dedicados; em consequência, os livros eram bastante raros e de difícil acesso. A ideia ainda hoje popular de que os antigos eram muito sábios resulta em parte da falta de circulação do conhecimento que persistiu até à revolução científica dos séculos XVII e XVIII. Newton, por exemplo, teve por várias vezes a experi…

Saber Virar A Página (Texto de Paulo Coelho)

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.

Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos, não importa o nome que damos. O que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram. Foi despedido do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações? Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu.

Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seu marido ou sua esposa, seus amigos, seus filhos, sua irmã... Todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos so…

Palhoça, SC: Minha Terra

A princípio, criei esse blog para postar minhas memórias, que estavam sendo comidas pelo tempo e pelas traças entre pilhas de cadernos. Mas, pelo entusiasmo, acabei diversificando demais os temas das postagens, fugindo assim do objetivo principal. A partir de agora será diferente...

Eu nasci a 25 de Outubro de 1980, às 23h15min, na Maternidade CarmelaDutra, em Florianópolis, SC. Meus pais moravam, naquela época, em Palhoça, distante 13 km de Florianópolis. Minha mãe continua morando no mesmo terreno em que foi criada, em Palhoça. Meu pai mora agora em Balneário Camboriú, SC. É sobre a cidade de Palhoça que vou falar agora, e citar também alguns locais dela que me marcaram.

Praia da Guarda do Embaú, vista do Morro do Urubu

Localizada entre o litoral e a Serra do Mar, PalhoçaSC é hoje uma das cidades que mais oferecem alternativas de lazer para os turistas. Entre as praias mais conhecidas destacam-se Enseada de Brito, Guarda do Embaú, Pinheira e Praia do Sonho. Praias e ilhas paradisíacas…

Meu Sonho / Traze-me (Cecília Meireles)

Meu Sonho

Parei as águas do meu sonho
para teu rosto se mirar.
Mas só a sombra dos meus olhos
ficou por cima, a procurar...
Os pássaros da madrugada
não têm coragem de cantar,
vendo o meu sonho interminável
e a esperança do meu olhar.
Procurei-te em vão pela terra,
perto do céu, por sobre o mar.
Se não chegas nem pelo sonho,
por que insisto em te imaginar?
Quando vierem fechar meus olhos,
talvez não se deixem fechar.
Talvez pensem que o tempo volta,
e que vens, se o tempo voltar.

***

Traze-me

Traze-me um pouco das sombras serenas
que as nuvens transportam por cima do dia!
Um pouco de sombra, apenas,
- vê que nem te peço alegria.
Traze-me um pouco da alvura dos luares
que a noite sustenta no teu coração!
A alvura, apenas, dos ares:
- vê que nem te peço ilusão.
Traze-me um pouco da tua lembrança,
aroma perdido, saudade da flor!
-Vê que nem te digo - esperança!
-Vê que nem sequer sonho - amor!

Risíveis Amores (Milan Kundéra)

Risíveis amores, ou O Livro dos Amores Risíveis -- título escolhido para a edição em Portugal --, (Smêŝné Lásky no original), escrito entre 1960 e 1968, é considerado por muitos leitores e críticos literários de todo o mundo uma das melhores obras de Milan Kundera. O livro é composto por sete contos, sete histórias de amor:

A maçã de ouro do eterno desejoNinguém vai rir (Nikdo se nebude sat)O jogo da carona (Zlate jablko autostop)O simpósio (Symposium)Que os velhos mortos cedam lugar aos novos mortos (At ustoupi stari mrtvi mladym mrtvym)O Dr. Havel dez anos depois (Diktor Havel po deseti)Eduardo e Deus (Edouard a buh)A obra trata do equívoco, seja de situações ou de sentimentos. O equívoco, nesse sentido, está na essência do risível, que intitula a obra. Mal-entendidos que abrem perspectivas novas e caminhos para novas situações são uma constante nos contos. O estranhamento mútuo da parte de amantes, a inversão do caráter amoroso são uma mostra da incapacidade de comunicação que perme…

Meu Sol, Por Quem Vivo!!

Meu Sol, minha estrela, por quem vivo,
Surgiu na montanha do tempo estivo,
Subjugando a noite fria, suastranças em caracol;
Deus masculino, no feminino, chamou-a SOL!!Olhando-me, de moreno, tornei-me claro;
Minha face, triste, opaca, se fez ampla, reluzente,
Com seu ósculo inquieto, seu olhar raro.
Digo, para bem te admirar, nem sendo clarividente.Te encontro em tudo que vejo,
Em meio aos planetas da noite, te beijo!!
Dançando no espaço, ou no Tarô, o Arcano Dezenove.Em teu nome, tu és o astro que se move:
Anjo e Sol, juntos, o mesmo desejo;
Sol, un Ange, que ao meu coração comove…

Médico pega 3 meses de cadeia por aceitar suborno de R$ 1 (na Índia)

Foto: Shannon Stapleton/Reuters Justiça indiana condenou a três meses de prisão médico que recebeu suborno de cerca de R$ 1. (Foto: Shannon Stapleton/Reuters) O médico Balgovind Prasad, de 75 anos, foi condenado pela Justiça indiana a três meses de prisão, porque ele aceitou 25 rupias (R$ 1,18) de suborno de um varredor em 1985 para emitir um atestado médico falso.

O caso se arrastou ao longo dos anos porque Prasad, que foi condenado em 1992 a um ano de prisão, havia recorrido da sentença. Na terça-feira, a máxima corte do estado de Bihar reduziu a pena de um ano para três meses.

A Justiça decidiu diminuir a condenação, pois considerou que o suborno era insignificante.

"O valor do suborno era muito pequeno, e Prasad pensava que iria receber um indulto do tribunal", disse o promotor Vipin Kumar Sinha. ***Ahhh, como eu gostaria de dizer que "a Índia é aq…

Meu Tempo Não-Linear (Meu Rio)

I - FerventeMeu tempo, fervendo,Um rio nascendoImerso n’água,Nada vendo, me aquecendo.
Meu tempo, fervendo,Um rio nascendo,Subindo e virando,…E a vida crescendo.
Meu tempo, fervendo,Um rio nascendo,Dormindo, rolando…O que está acontecendo? II - CorrenteMeu tempo, correndo,Um rio descendo,E as pedras clamando…De limo se enchendo.
Meu tempo, correndo,Um rio, tudo vencendo.Corredeira passando…Novos sons se espalhando.
Meu tempo, correndo,Um rio, e a terra tremendoDo útero adentroPara o mundo, para o centro!!III - EnchenteMeu tempo, entendoÉ um rio enchendo;As árvores, os peixes fitandoE o Sol me amornando.
Meu tempo, me vendo,Sou um rio enchendo;Meu curso tecendo,Minhas curvas criando.
Meu tempo, me lendo.Fertilizo este mundo,Sou para tudo fecundo.Serei o que pretendo.IV - PersistenteMeu tempo, presente.No corpo valente,O feminino gritando,Levando minha semente.
Meu tempo, permanente.Um tanto persistente.Cruzando e lavandoPedra e pedra, mudando.
Meu tempo, vivente.Turbilhão vai subindo.Flutuando…

O Mistério do Alef: a Matemática, a Cabala e a Procura Pelo Infinito

O Mistério do Alef é a história de Georg Cantor, um dos mais brilhantes matemáticos da história. Seu maior feito, o resultado de uma série de extraordinários saltos intuitivos, foi seu entendimento pioneiro da natureza do infinito. O trabalho desconcertante e profundamente filosófico de Cantor tem suas raízes nos matemáticos da Grécia antiga e na numerologia judaica, conforme a obra mística conhecida como Cabala. Cantor usou o termo alef - a primeira letra do alfabeto hebraico, com todas as associações místicas concomitantes para se referir ao número misterioso resultante da soma dos número inteiros positivos. Ele não é o último número positivo porque... não existe número. É o número definitivo do qual estamos sempre nos aproximando: assim como, por exemplo, não existe última fração antes do número um.

Desesperado, ele atacou ex-namorada por causa de seu peito...

Armado com uma faca e escondido no escuro, Thomas Lee Rowley, de 28 anos, armou uma emboscada contra a ex-namorada Shanon Perry, de 26, para que ela devolvesse os implantes de silicone que ele havia pago, segundo o jornal americano "Daily Press". O promotor David Foy, do condado de San Bernardino, disse que Rowley atacou sua ex-namorada em julho de 2006 --ele estava escondido na casa da mãe da vítima em Hesperia, que fica a cerca de 110 km de Los Angeles.

O rapaz está sendo julgado em Victorville, no estado da Califórnia, por tentativa de assassinato. O ex-companheiro de quarto de Rowley, Dennis McGill, disse à Justiça que o ex-colega atacou a mulher porque queria de volta os implantes que ela colocou no peito.
"Eu vou cortá-los e tê-los de volta", testemunhou McGill. Rowley foi preso um dia depois do ataque e enfrenta várias acusações, que incluem tentativa de ho…