Pular para o conteúdo principal

Vida Destemida




De que vale a vida em meio à covardia??
De que vale ela sem um pouco de poesia??
Se a mesma Vida é a Grande Mãe-Musa
Dos homens cegos e dos de mente obtusa!!

O que somos nós para ti, ó Primeira Vida,
Nós, as crianças da Luz interna abafada??
O que fazemos por vós, ó Mãe Incriada,
Se não formos corajosos, de vida destemida??

Em meu peito incendeias uma brasa infinita,
E em minha Língua, Palavra de Amor bendita,
Para a renovação do velho coração dormente!!

Ó Vida, se a língua mata o Amor, quando mente,
Se o homem, quando ama, não diz o que sente,
Fecha minha boca, e corta minha língua maldita!!



- Sob inspiração das palavras de Gemária Sampaio, amiga querida, comentando o
post
O
Barroco é Pop?? (por Clóvis Bulcão)
-

Comentários

  1. Ebrael, a vida é bela por ter poesia, ou melhor, ela é a própria poesia que nos constrastes da natureza nos revelam a sua grandeza, repleta de encantos que tocam os nossos sentimentos. Por isso precisamos caminhar juntos com a verdade e o amor, para que não venhamos a nos perder nos labirintos do medo de viver feliz.
    Parabéns pelo poema expresso com muita beleza e sabedoria.
    JBCPOETA (dihitt)

    ResponderExcluir
  2. Que poema forte! Gostei.
    E de que vale a vida sem um pouco de poesia rs?
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Sandra!!
    Me lembro que qdo terminei, li e reli 3 vezes. Suspirei e disse um sonoro UFFAAAA!! Te asseguro: é também um orgasmo!!
    Claro, é uma rapidinha, foram apenas 5 minutos. É como costumo dizer à Sissym: é algomo como psicografia!!

    Adorei que tenhas gostado e me orgulho sim, deste novo filho, desta nova cria!!

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  4. É como "vomitei": a Vida é própria MÃE-MUSA!!
    É a fonte da própria poesia, de todos os encantos!! Meus olhos se enchem de lágrimas a cada manifestação dela: o primeiro encontro e aconchego entre uma Mãe e seu Filho, todos os encontros e reencontros de Mães e Filhos, e muita tristeza também, todas as vezes que os homens agridem seus irmãos (animais) e sua Grande Mãe (a Natureza, a Terra).

    Quão horrorosso nos parece quando ouvimos que um filho doido ou drogado agride sua Mãe, idosa ou não!!! O que poderemos dizer dos humanos que agridem e destróem insanamente (com a mente insana) sua própria Primeira Mãe??

    Claro, que são loucos, que não podem estar em seu juízo perfeito!! Se estiverem em seu juízo perfeito, então não merecem nem ter nascido!!

    Obrigado Poeta e reflitamos!!!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  5. A Grande-Mãe é sábia e gosta da flexibilidade da emoção e razão. A composição é mágica e fatal. Objetivo e objeto do prazer mais do que carnal.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu não tenho palavras!
    Estou muito emocionada com o teu carinho.
    Quando te conheci vi que você era um ser especial,eu quero que você faça um post contando o segredo da tua criação, deve ter uma fórmula mágica para fazer um ser humano com a tua categoria.
    Este corpo não te pertence rs Confesse, você tem 80 anos...confesse!
    Te adoro

    ResponderExcluir
  7. Ebrael

    Se "dona inspiração" quer fazer morada: deixe!
    Não se trave. Nunca!

    É isso aí!
    Grande garoto!;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Sissym,

    Fatal e veloz,
    Precisa e cortante.
    Na letra, algoz;
    Em nós, amante!!

    Realmente, a Grande-Mãe é emoção, mas conta com a Razão deste homem que vos fala para o casamento místico na poesia, do Yin com o Yang.

    BJs!!

    ResponderExcluir
  9. Querida Gema!!

    Aprendi que a Grande-Mãe ela também é M três vezes, assim é na M-agia: é Mulher, Mãe e Maga!! E como tal, dá a seus filhos atributos dos três M: Matéria, Mel e Mito. Por isso cria, adoça e abstrai ao infinito, por toda a eternidade. E na poesia eu recrio, seduzo e manipulo a fantasia. Assim é que faço minhas poesias. Pelas bênçãos da Grande Mãe Vida!!

    Bjs!!

    Ebrael.

    ResponderExcluir
  10. Carmem,

    Fico feliz, pois sei q vc vem sempre aqui. Vejo sempre alguém de Araruama no relatório de tráfego e sei q eh vc.

    Bjs tbm, querida!!

    ResponderExcluir
  11. Val,

    Dona inspiração não faz morada, se fizesse estaria rico. Dona Inspiração é um vento que passa, como o que os gaúchos chamam de Minuano e eu de Vento dos Mares do Sul, fresco mas impetuoso.

    BJs querida!!

    ResponderExcluir
  12. Hora Morta, já beira meia-noite,
    Hora viva, de nosso Nascimento;
    Hora do Tempo, Tempo é um açoite
    Que toma pra si um fixo assento.

    Tempo do Tempo, que sôfrego
    Mata e faz a tudo renascer.
    No correr da alvorada, a vencer
    A Noite, o teu Sol se iça, trôpego.

    Esse novo Sol-poesia é para você!! Tome um brozeado ao novo Sol que te trouxe!!

    Bjs!!

    Ebrael!!

    ..................


    adorei quie lindo mimo...
    guardei na minha pasta do próximo livro de poesia...
    um beijo no teu coração

    ResponderExcluir
  13. Beleza cara, mas, tudo bem que a poesia as vezes tem deser trágica ... mas, pelos a lingua permaneça.

    ResponderExcluir
  14. Lili,

    Aos amigos, basta a poesia!!
    Aos inimigos, A quem não se fia
    A Justiça, que é a Vida ensinando
    Pela Dor, a qual não se tem amando!!

    O Mundo, a primeira Casa Grande,
    Reflete-se em miniatura no interior
    De nossa alma que, quando se expande,
    Nos diz: não é banal cada verso de Amor.

    Bjs e obrigado pelo teu carinho.

    Ebrael.

    ResponderExcluir
  15. Então Joselito,

    Não sou muito chegado a poesia trágica também. Mas, se na vida tiver que ferir alguém, se tiver de amaldiçoar o Amor que de graça foi dado pelo Criador, se tiver que paralisar e matar corações com palavras de ódio, prefiro ficar sem língua. Às vezes, o silêncio é tão mais útil e eficaz que falácias e mentiras sinceras...para citar Cazuza!!

    Abçs Joselito!! A gente se vê!!

    ResponderExcluir
  16. Olá, Ebrael!

    Belo poema, Relatando sobre o segredo e os problemas da vida. Vivar bem a vida é difícil, mas não existe nada que possa ser comparada à vida.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  17. Olá Francisco!!
    Seja bem-vindo!!
    Não há nada realmente que possa se comparar à Vida!! Pois tudo que podemos comparar está DENTRO da Vida!!

    Obrigado e abraços!!

    Ebrael.

    ResponderExcluir
  18. Amigo Ebrael Shaddai veja este link vc foi citado:

    http://lilika-forever.blogspot.com/2009/09/gostar-ou-nao-gostar-eis-questao.html

    Beijos!

    Lilika Forever

    ResponderExcluir
  19. Lilika!!

    Meu bijou!! Eu fui em seu blog e te explico tudo no post q vc me indicou.

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  20. Renovemos então os nosso corações dormentes, para viver corajosamente uma vida em pleno.
    Parabéns, pelo belo poema

    Abs

    ResponderExcluir
  21. Renovação é praxe, é regra na Natureza. Sejamos, pois, naturais!! Só assim participamos da Vida e a permitimos que aja plenamente em nós, seus Filhos, suas Crianças!!

    Abçs!!

    ResponderExcluir
  22. Meu caro, parabéns pelo seu universo bloguistico! misto de poesia, sensibilidade e muita informação, não pensei em duas vezes ao linka lo e segui lo! abraço

    ResponderExcluir
  23. Uma bela poesia, parabéns.

    ResponderExcluir
  24. Já li umas vinte vezes o teu poema,estou toda boba rs
    Deixo aqui o teu beijo Ebrael.
    Tua amiga

    ResponderExcluir
  25. oi Ebrael,
    Simples como a gota de orvalho luminosa e abençoada nas manhãs.Assim é a poesia inspirada,simples,mais veloz que a luz e profunda.E vem com o tempo infinito de nossas almas e deslumbra por ser além de nós mesmos.
    É possível neste novo tempo.
    É real a expressão poética na nova dimensão expandida da consciência.
    Gostei de tê-lo como visitante e seguidor do
    livrosagradodasacerdotisa.
    Sua presença é benvinda.

    Luz,

    Cris

    Um convite-www.cristinasiqueira.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sejam bem-vindos!!

Se você quiser fazer um comentário, colocar alguma sugestão ou fazer uma reclamação, assim como deixar um elogio, sinta-se à vontade!!

Pedimos apenas que evite apontamentos preconceituosos de qualquer natureza. Palavras ofensivas e agressões gratuitas serão vetadas no ato da moderação.

No mais, agradecemos por sua visita, esperando que a leitura de nossas Memórias lhe tenha sido agradável. Desejamos que volte sempre que quiser!!

Paz Profunda!!

Ebrael Shaddai

Postagens mais visitadas deste blog

Greenpeace e LBV: Mercantilismo no Terceiro Setor

Com quase toda certeza, você já ouviu falar ou leu acerca do Greenpeace e da LBV, certo? Mas, você conhece, a fundo, a forma com a qual eles trabalham fora da mídia?
Com a tal onda de ativismo socio-ecológico e a ilusão de que poderíamos mudar o mundo político através da Internet, instituições como o Greenpeace e a LBV começaram a ganhar ainda mais espaço do que jamais suas imagens na mídia tinham conseguido. Com o advento da ditadura das redes sociais sobre a Consciência das pessoas, recriando modas, mudando a linguagem na comunicação, o que mais se fortaleceu foi o alcance dos instrumentos de marketing global dessas instituições, não a Conscientização dos seres humanos.  
E sabem por quê? Porque as cúpulas dirigentes dessas instituições dependem, em maior grau, do poder que o dinheiro proporciona à sanha do egoísmo, em consonância com os ditames de uma elite globalmente dominante. Sabem, também, que a maioria dos seres humanos não pensa, não raciocina, nem questiona, mas apenas reage …

Chico Anysio e a Velha Puta

Nesse dia, após sua partida deste Mundo, vamos relembrar e celebrar a inteligência e a acidez desse que foi o maior humorista brasileiro, Chico Anysio. Vá em Paz e obrigado pelo legado de sua Obra!



2012: Maias, Nostradamus e Nibiru

Sou mesmo muito curioso e atraído irresistivelmente para os mistérios que se me apresentam às vistas. Quando eu era criança, depois das aulas de Ciências, chegava da escola pra pesquisar como poderiam as formigas serem mais organizadas que os seres humanos em sua mini-sociedade. Como as abelhas determinavam quando ocupar uma área, criar ou abandonar uma colméia? Como poderia o ar, algo invisível, derrubar torres de energia e ainda as manifestações mediúnicas serem relegadas ao campo das superstições pela Ciência empirica e caolha?
Isso tudo me assombrava quando criança, e o cientista maluco mirim aqui era deixado de lado pelos covis dos populares no Colégio. Perguntavam-se como poderia um garoto de 10 anos de idade preferir jogar "futebol" com um frasco vazio de vinagre por tardes inteiras a juntar-se às algazarras dos campos de várzea? Não era por demasiado orgulho, embora este sobressaísse; era por saber que nosso tempo é mais útil se usado para nosso desenvolvimento inte…