14 de junho de 2009

Bombas nucleares na Coréia do Norte ameaçam o planeta com uma Terceira Guerra Mundial



Os blogueiros moralistas de plantão podem até me criticar, mas o post atual está nos meus dois blogs sim, para ver se obtém o máximo de assistência dos leitores da blogosfera. É sobre um assunto sobre o qual já postei, mas que voltou hoje à cena dos noticiários com muita força e que, admito, está me apavorando mesmo.



- A Coreia do Norte confirmou neste sábado que pretende
enriquecer urânio e transformar o plutônio que extrair deste processo em armas
nucleares, segundo informou a imprensa estatal do país.

O anúncio veio horas depois da aprovação, pelo Conselho de Segurança da
ONU, de uma resolução que prevê o endurecimento das sanções contra o país. A
medida da ONU é em resposta ao teste nuclear e ao lançamento de mísseis de longo
e curto alcance realizados no mês passado pelo governo de Pyongyang.

Segundo a Agência de Notícias Central Coreana (KCNA), o alerta veio de um
comunicado do ministério do Exterior. Ainda segundo a mídia estatal, a Coreia do
Norte está considerando as sanções como um "ato de guerra" e ameça tomar ações
militares. A nova resolução autoriza os países membros da ONU a inspecionar
carregamentos norte-coreanos transportados por terra, mar ou ar e destruir
qualquer material suspeito de estar relacionado a armas de destruição em massa.
A medida também amplia o embargo ao comércio de armas com a Coreia do Norte,
proibindo que o país venda tanto armamento pesado quanto armas leves.

O correspondente da BBC em Seul, John Sudworth, disse que o fato de
Pyongyang estar admitindo que pretende enriquecer urânio é "muito preocupante",
já que o processo poderia ser realizado em um pequeno reator, o que seria fácil
de esconder. O analista de assuntos relacionados à Coreia disse à BBC que as
ações norte-coreanas estão "fora de controle" e que "nada" parece intimidar o
país.





*******


Bem, eu adoro publicar poesias, comentar notícias engraçadas, falar de minhas memórias e assuntos polêmicos. Até mesmos postar fotos bonitas e paisagens deslumbrantes e inspiradoras. Mas chega uma hora, e a hora é essa, que nós blogueiros temos de nos unir em uma campanha massiva e contundente para alertar a nossa sociedade do que está acontecedo e do que pode vir a ocorrer, e isso bem logo ali, com essa loucura nuclear por aí.

Falo isso, pois meu filho e os filhos de todos nós, a geração que nos sucederá, podem vir a presenciar novamente nações se enfrentando com armas de destruição em massa. A Coréia do Norte, chefiada por loucos varridos, para angariar respeito perante a comunidade internacional, se afunda mais ainda, demonstrando, por meio de seus líderes insanos, não ter nenhuma disposição em cooperar para a paz mundial (ainda que seja uma paz sob um jugo controlado pelo Ocidente). Desafiando a Europa e os EUA só comprometem mais ainda sua situação. Provocam bloqueios marítimos e sanções comerciais, onde quemmais sofre é a população castigada pela fome e falta de amparo do Estado, obccado agora pelas bombas atômicas.


Pensem bem no cenário político internacional onde se passam as coisas hoje em dia:


A Coréia do Norte tem como única aliada a gigante China, candidata a futura dona do mundo e rival dos EUA no cenário mundial, mas que também possui potentes Forças Armadas e arsenal atômico.



Um dos reatores nucleares da Coréia do Norte.

A Rússia também não aceitaria uma intervenção militar ocidental na Coréia, já que também têm uma boa parcela de seu território naquela área, e sob o pretexto de defender suas ricas áreas de gás natural e petróleo naquela região reagiria de imediato. Também é potência militar e atômica a nível mundial e rival dos EUA, além de ter se metido em estremecimentos com a Europa, recentemente, por causa de problemas no fornecimento de gás natural.


A Índia é aliada da China. Numa guerra internacional sob a batuta chinesa, a Índia, também grande em armas e bombas atômicas, ficaria do lado chinês. Além de que há o agravante no fato de que seu maior inimigo recente, o Paquistão, ser também detentor de armas atômicas e aliado dos EUA.
O Irã, que recebe muita ajuda militar, econômica (recebe energia elétrica e gás natural) e urânio da Rússia e têm boas relações com a China, com certeza aproveitaria a chance para fazer oba-oba com a Coréia do Norte, pois também reinvindica o direito de desenvolver tecnologia nuclear (para mim, já têm bombas atômicas há muito tempo). Seria também mais uma chance de se contrapôr a Israel e EUA.



Usina Nuclear no Irã.


Será que o tal Eixo do Mal (Irã, Síria e Coréia do Norte - lembrando que a Síria é um posto avançado do Irã grudado em Israel), preconizado pelo Bush, vai mesmo ameaçar o mundo, tornando-se um pivô, uma ameaça para uma Terceira Guerra Mundial??


Não gosto de bancar o Corvo, anunciando mal agouro. Mas a coisa está pra lá de preta. E é bem pra lá de Bagdá!! O tempo está se fechando, e a sociedade anestesiada, vendo novelinha das Oito, digo, das Nove.


A Coréia do Norte, pelo que se estima, já tem urânio enriquecido e plutônio suficiente para produzir até 100 bombas atômicas, como a de Hiroshuma. Só esquecem de dizer que num peido, os EUA podem pulverizar a Coréia do Norte e numa caganeira atômica mais meio mundo. E se juntarmos o resto da Galera Bombomaníaca, todo o Planeta pode correr o risco de arder numa fornalha, depois de uma Guerra Nuclear.


É um desabafo?? É sim!! Poxa, o que mais o mundo precisa ouvir para acordar desse sono cataléptico, dessa apatia consumista, dessa indiferença burra?? Aquela propaganda do Marcos Palmeira, no comercial das Havaiianas, demonstra bem o oba-oba retardado em que vive o povo viciado em novelas, cerveja redondamente ruim e bunda...

Vamos nos mobilizar, vamos ajudar a conscientizar essa galera viciada em namorico estúpido pela internet a se preocupar que estejam mais presentes quando é para orar pelos que estão na merda e na desgraça, passando fome nas favelas, entuídos de craque, apanhando em prisões de guerra, chorando a chacina de suas famílias em massacres genocidas ou nus e com sede em acampamentos imundos para refugiados.


Acampamento para refugiados libaneses, perto de Haifa, Israel.


Vamos rezar, vamos aproveitar o tempo que temos para AGIR pela paz em nossas famílias e, quem sabe, em um nível mais amplo de nossas relações.
Vamos pensar no que é necessário, útil para a sociedade, porque todos somos UM. Se alguém chora, um pedaço de meu coração dói. Se alguém sucumbe e morre de fome, um pedaço de meu estômago necrosa e a carne dos animais mortos, frito no meu prato, já não têm um sabor de alimento, mas de usurpação, desde que eu não tenha feito mais do que um somaliano ou nordestino para merecer aquele filé.
Uffaaaaaaaaaaa!! Saiu a nhaca do meu coração e ele ficou mais em paz!!