Pular para o conteúdo principal

Menina de 8 anos com síndrome de down é vítima de abuso sexual

Em solidariedade à uma amiga e irmã de fé, a Claudia Baibich, resolvi colaborar com sua iniciativa em ecoar a repulsa a qualquer espécie de violência contra a criança (assim como a todos sem condições morais, psicológicas, legais e físicas de se defender de agressões). Estendo essa minha semelhante repulsa à violência contra idosos, deficientes e animais.

A notícia que segue foi veiculada em dos maiores sites da internet de combate à violência contra a criança, bem como contra a prostituição e pornografia infantil, o Brasil Contra A Pedofilia.

*******

Uma menina de 8 anos, E.S., portadora de síndrome de down, está internada no
Hospital Manoel Novaes após ter sido violentada sexualmente em Itabuna.

De acordo com a delegada Ivete Oliveira, titular da delegacia especial
de atendimento a mulher (Deam) da cidade, a menina desapareceu no dia 9 e
reapareceu na segunda-feira (12) com vários sinais de tortura e violência sexual
no corpo.

‘A menina não tem nenhuma espécie de comunicação. Ela não
fala, não se movimenta e isso dificulta as investigações Os pais da garota [que
tiveram o nomem preservados] já foram ouvidos na Deam, mas os depoimentos serão
mantidos em sigilo’, afirmou a delegada.

Ainda segundo a delegada, não
há histórico familiar de agressão e diversas diligências estão sendo feitas para
tentar identificar suspeitos.

*******

Quem é o deficiente mental aqui?? A menina é que não é!! Ela tem apenas um desenvolvimento intelectual em situação especial... o desequilibrado, o doente, o sem-vergonha ali é o bastardo que cometeu essa barbárie!! Me desculpem os legalistas, os cristãos... mas se esse canalha tivesse o azar de aparecer aqui em casa... não sei não!! É falta de educação familiar?? É falta de escola?? isso tudo poderia até diminuir as chances desse canalha sair por aí depois de adulto cometendo esses crimes. Mas acho que é mais do que falta disso ou daquilo. É falta de caráter mesmo!! Pois para que legislação mais rígida do que a norte-americana?? E lá os índices de crimes desse tipo não decresceram como o esperado. Pessoas assim tinham que ser castradas quimicamente. Elas não têm cura de sua doença mental. Pois isso é uma doença mental ou comportamental qu deve ser acompanhada pelo resto da vida. Prisão perpétua neles já!!! Para não cogitar a possibilidade (pelo menos eu me seguro...) da pena de morte nesses casos.

---------------------
Fonte: Brasil Contra A Pedofilia.

Postagens mais visitadas deste blog

Greenpeace e LBV: Mercantilismo no Terceiro Setor

Com quase toda certeza, você já ouviu falar ou leu acerca do Greenpeace e da LBV, certo? Mas, você conhece, a fundo, a forma com a qual eles trabalham fora da mídia?
Com a tal onda de ativismo socio-ecológico e a ilusão de que poderíamos mudar o mundo político através da Internet, instituições como o Greenpeace e a LBV começaram a ganhar ainda mais espaço do que jamais suas imagens na mídia tinham conseguido. Com o advento da ditadura das redes sociais sobre a Consciência das pessoas, recriando modas, mudando a linguagem na comunicação, o que mais se fortaleceu foi o alcance dos instrumentos de marketing global dessas instituições, não a Conscientização dos seres humanos.  
E sabem por quê? Porque as cúpulas dirigentes dessas instituições dependem, em maior grau, do poder que o dinheiro proporciona à sanha do egoísmo, em consonância com os ditames de uma elite globalmente dominante. Sabem, também, que a maioria dos seres humanos não pensa, não raciocina, nem questiona, mas apenas reage …

Chico Anysio e a Velha Puta

Nesse dia, após sua partida deste Mundo, vamos relembrar e celebrar a inteligência e a acidez desse que foi o maior humorista brasileiro, Chico Anysio. Vá em Paz e obrigado pelo legado de sua Obra!



2012: Maias, Nostradamus e Nibiru

Sou mesmo muito curioso e atraído irresistivelmente para os mistérios que se me apresentam às vistas. Quando eu era criança, depois das aulas de Ciências, chegava da escola pra pesquisar como poderiam as formigas serem mais organizadas que os seres humanos em sua mini-sociedade. Como as abelhas determinavam quando ocupar uma área, criar ou abandonar uma colméia? Como poderia o ar, algo invisível, derrubar torres de energia e ainda as manifestações mediúnicas serem relegadas ao campo das superstições pela Ciência empirica e caolha?
Isso tudo me assombrava quando criança, e o cientista maluco mirim aqui era deixado de lado pelos covis dos populares no Colégio. Perguntavam-se como poderia um garoto de 10 anos de idade preferir jogar "futebol" com um frasco vazio de vinagre por tardes inteiras a juntar-se às algazarras dos campos de várzea? Não era por demasiado orgulho, embora este sobressaísse; era por saber que nosso tempo é mais útil se usado para nosso desenvolvimento inte…