Pular para o conteúdo principal

Alma Estelar

Prefiro ser essa estrela solitária
Rompendo o Infinito das noites
Do Tempo e de minha alma.
Estrela solitária...
Rebelde, livre, solidária;
Sem ser prenhe do bem ou semeadora do mal,
Sou variável, imprevisível, marginal.

Comentários

  1. Ebrael!
    Que poesia linda!
    Parabéns!

    Abraço carinhoso,
    Serenissima

    ResponderExcluir
  2. Uauu, que show de Poesia amigo Ebrael!

    Brilhante como uma estrela sua Poesia!

    Parabéns!

    Grande Abraço!

    Lauro Daniel

    ResponderExcluir
  3. Ebrael!!!

    Que linda a sua poesia!!!

    Parabéns,

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muito bonito o teu poema Ebrael. Encanta.

    Beijos
    Luísa

    PS: Gostei muito do novo rosto do teu blog. Só me desgosta a cor do poema, faz os meus pobres olhos doerem... :)

    ResponderExcluir
  5. Muito bom Ebrael...

    Uma estrela solitária, mas que brilhe sempre...

    Bjs.

    Rosana.

    ResponderExcluir
  6. Olá querido amigo,

    Muito lindo seu poema.

    Uma estrela brilha no céu
    um ponto só, no azul celestial
    Ebrael, jamais serás marginal

    Fraterno e carinhoso abraço.
    Lilian

    ResponderExcluir
  7. Vc vive com sua mente ligada na minha.... solta um tiquinho só vai...
    Parece encaixe das idéias e desejos... beijocas meu muso da inspiração...

    ResponderExcluir
  8. Grande Ebrael Shadai nosso querido amigo pensador nato...
    um amigo que traz no peito grandes idéais que tem por custume.. se expressar tão bem em letras parabéns pela poesia... quando contemplamos o qualquer corpo da Criação do divino sempre encontramos a liberdade na perfeição, assim como as estrelas são livres para cair e para se permanecer estaticas a brilhar no céu... parabéns garato...
    Paz seja contigo !!!

    ResponderExcluir
  9. Sissym,

    Esse é o verdadeiro sentido do caminhar junto, da sintonia humana: pensar o melhor, viver o emlhor, expressar o melhor e concretizar a perfeição, em palavras ou em atos, e esses dois últimos se sintetizam naquilo que chamamos poesia!!

    Bjs tbm!!

    ResponderExcluir
  10. Roberto,

    Alguma coisa o cara tem q saber fazer bem...não sou a melhor pessoa do mundo, nem sempre me faço feliz ou Às pessoas...mas essa luta pelo melhor, o bom combate ao que nos torna indigno às vzs, é que é a poesia da vida...é o romantismo da vida, algo que parece utópico - a felicidade perfeita - mas que dá sentido a essa mesma vida!!

    Abçs meu brother!!

    ResponderExcluir
  11. Boa noite Poeta...mais um lindo poema... me sinto às vezes assim sabia.. um estrela sotitária, rebelde, livre... buscando meu cantinho nesse céu azul onde eu possa brilhar não mais solitária, mas ao lado de irmãs estrelas que entendem o que se passa nesse coração...
    Um beijo carinhoso e muita paz!

    ResponderExcluir
  12. Ninguém quer ficar sozinho no céu da Vida, nós estrelas e feitos de estrelas...mas eu prefiro ser a estrela rebelde, pois essa não é escrava de circunstâncias e não fica retida pela gravidade de nenhum planeta, de nenhum astro gigante....sou pequeno, errante, livre...

    Mas antes reinar sozinho do que ser escarvo por entre a multidão!!

    BJs Márcia!!

    ResponderExcluir
  13. ... livre para ser o que quiser, sem travas, amarras ou falsos pudores.
    Desculpa-me, não quis me intrometer no teu poema, apenas dizer do que colhi de tuas palavras.
    Beijos
    Bel

    ResponderExcluir
  14. Imagina Bel!!

    As poesias são Arte Aberta!! A partir do momento que vc as compartilha vc delega o poder a todos de as transformar, melhorar!!

    Esteja à vontade!! Bjs Bel!!

    ResponderExcluir
  15. Olá amigo Ebrael, linda poesia. Estás se tornando um poeta fabuloso, colocando em palavras o que vem da mente e do coração. Parabéns.

    Um abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sejam bem-vindos!!

Se você quiser fazer um comentário, colocar alguma sugestão ou fazer uma reclamação, assim como deixar um elogio, sinta-se à vontade!!

Pedimos apenas que evite apontamentos preconceituosos de qualquer natureza. Palavras ofensivas e agressões gratuitas serão vetadas no ato da moderação.

No mais, agradecemos por sua visita, esperando que a leitura de nossas Memórias lhe tenha sido agradável. Desejamos que volte sempre que quiser!!

Paz Profunda!!

Ebrael Shaddai

Postagens mais visitadas deste blog

Greenpeace e LBV: Mercantilismo no Terceiro Setor

Com quase toda certeza, você já ouviu falar ou leu acerca do Greenpeace e da LBV, certo? Mas, você conhece, a fundo, a forma com a qual eles trabalham fora da mídia?
Com a tal onda de ativismo socio-ecológico e a ilusão de que poderíamos mudar o mundo político através da Internet, instituições como o Greenpeace e a LBV começaram a ganhar ainda mais espaço do que jamais suas imagens na mídia tinham conseguido. Com o advento da ditadura das redes sociais sobre a Consciência das pessoas, recriando modas, mudando a linguagem na comunicação, o que mais se fortaleceu foi o alcance dos instrumentos de marketing global dessas instituições, não a Conscientização dos seres humanos.  
E sabem por quê? Porque as cúpulas dirigentes dessas instituições dependem, em maior grau, do poder que o dinheiro proporciona à sanha do egoísmo, em consonância com os ditames de uma elite globalmente dominante. Sabem, também, que a maioria dos seres humanos não pensa, não raciocina, nem questiona, mas apenas reage …

Chico Anysio e a Velha Puta

Nesse dia, após sua partida deste Mundo, vamos relembrar e celebrar a inteligência e a acidez desse que foi o maior humorista brasileiro, Chico Anysio. Vá em Paz e obrigado pelo legado de sua Obra!



2012: Maias, Nostradamus e Nibiru

Sou mesmo muito curioso e atraído irresistivelmente para os mistérios que se me apresentam às vistas. Quando eu era criança, depois das aulas de Ciências, chegava da escola pra pesquisar como poderiam as formigas serem mais organizadas que os seres humanos em sua mini-sociedade. Como as abelhas determinavam quando ocupar uma área, criar ou abandonar uma colméia? Como poderia o ar, algo invisível, derrubar torres de energia e ainda as manifestações mediúnicas serem relegadas ao campo das superstições pela Ciência empirica e caolha?
Isso tudo me assombrava quando criança, e o cientista maluco mirim aqui era deixado de lado pelos covis dos populares no Colégio. Perguntavam-se como poderia um garoto de 10 anos de idade preferir jogar "futebol" com um frasco vazio de vinagre por tardes inteiras a juntar-se às algazarras dos campos de várzea? Não era por demasiado orgulho, embora este sobressaísse; era por saber que nosso tempo é mais útil se usado para nosso desenvolvimento inte…